O AMOR E O PODER DE DEUS

Paul Gau, EUA.

Aleluia, em nome do Senhor Jesus Cristo gostaria de testemunhar sobre as experiências que tivemos em nossa família acerca do grande amor e poder de Deus.

Uma doença inesperada, incomum e mortal
Em junho de 1991, minha filha Grace de 14 anos de repente se sentiu cansada e empalideceu. Como sempre esteve saudável e raras vezes adoecia, fiquei surpreso com seu estado e a levei ao médico. O médico descobriu que sua contagem de glóbulos vermelhos estava perigosamente baixa e imediatamente a transferiu para um centro médico para um melhor diagnóstico. Os resultados dos exames mostraram que Grace tinha anemia aplásica. É uma doença rara que ocorre normalmente em pessoas jovens de 15 a 30 anos de idade. A ciência tem atribuído como principais causas desta doença as substâncias químicas, radiação e vírus, em mais de 80% dos casos, mas a causa exata não é identificada. Esta doença diminui ou cessa completamente a produção de glóbulos vermelhos na medula óssea, causando uma anemia profunda. Essa doença não é um câncer, mas a diminuição de glóbulos vermelhos no sangue ameaça a vida da mesma forma. O médico explicou que apesar de haver tratamentos, sua eficácia em crianças é muito mais baixa do que em adultos (aproximadamente de 10 a 20% de eficácia em crianças contra 50% em adultos).

Transplante de medula óssea
Assim, Grace permaneceu no centro médico para ser tratada e o médico nos disse que o resultado sairia em duas ou três semanas. Ao mesmo tempo, foi feito um exame de compatibilidade de medula óssea nos membros da família e parentes próximos para preparação do transplante de medula óssea que seria necessário caso o tratamento não desse certo. O transplante de medula óssea é uma das operações mais caras e dolorosas, e requer seis meses de sofrida recuperação. No centro médico, colhiam sangue da Grace todos os dias para ver se ela estava respondendo ou não ao tratamento. Logo se passaram seis semanas, mas seu estado não havia melhorado. Também consultamos a maior autoridade médica do mundo nessa área, mas só nos deu 50% de possibilidade de sucesso no transplante.

O chamamento pelo amor e misericórdia de Deus
Como Grace sempre foi saudável, acreditamos que sua doença vinha da vontade de Deus para que retornássemos a Ele e a Sua igreja. Quando vim para os Estados Unidos estudar, nossa igreja ainda não havia sido estabelecida. Inclusive hoje, a igreja mais perto está a três estados de distância de onde moramos. Por isso, durante minha estada nos Estados Unidos, não ia regularmente às reuniões da igreja. Além disso, raras vezes realizávamos estudos bíblicos e orações em casa, o restante dos membros da minha família ainda não havia recebido o batismo para ser parte da família de Deus. Isso em si foi uma transgressão contra o amor e a glória de Deus. Sabíamos que Deus é amor e que nos perdoaria se nos arrependêssemos sincera e profundamente de nossas transgressões. Por isso, durante a doença de Grace, todos os dias orávamos muito e arduamente a Deus pedindo Seu perdão, e os membros da minha família decidiram receber o batismo em Seu santo nome. Ao mesmo tempo também pedimos aos nossos parentes e aos irmãos da igreja que orassem por nós.

A oração em jejum e o amor dos irmãos
Naquele momento, um pastor da igreja nos convidou para participar da próxima convocatória espiritual de jovens em nossa igreja em Elizabeth, Nova Jersey. Com a ajuda e os preparativos de nossos pastores e parentes, pudemos participar apesar das dúvidas dos médicos sobre a condição de Grace. Na convocatória, ficamos profundamente comovidos ao saber que durante as duas semanas anteriores a nossa chegada, a igreja estava jejuando e orando por nós. Com a intercessão de tantos queridos irmãos e irmãs, estávamos certos de que Deus responderia suas orações de fé e amor. Não somente Deus não nos rejeitou, como também recebemos uma chuva de graças muito além de nossas expectativas. Minha esposa recebeu o precioso Espírito Santo durante o primeiro dia de oração em jejum. No segundo dia Grace também recebeu o Espírito Santo. Na noite antes do batismo da minha família, muitos irmãos da igreja permaneceram na igreja depois da reunião evangelizadora da tarde para orar pelo batismo até depois da meia noite. Durante o batismo a palidez no rosto de Grace, e o frio de suas mãos desapareceram.

O milagre
Tivemos que voltar ao Mississipi na manhã seguinte depois do batismo porque Grace continuava precisando das transfusões de sangue semanais no centro médico. Do aeroporto fomos diretamente ao centro médico para o exame previamente marcado. Milagrosamente, a quantidade de glóbulos vermelhos no sangue de Grace havia aumentado. Deus havia restaurado a produção normal de glóbulos vermelhos na medula óssea. Ao ver o poder de Deus, nossa fé aumentou, e Grace deixou de tomar medicamentos. Confiávamos em Deus em nossas orações todos os dias, sabendo que muitos irmãos e irmãs em Cristo estavam fazendo o mesmo. Continuamos com nossa oração em jejum pela manhã por três meses. Graças a Deus, a contagem de glóbulos vermelhos no sangue de Grace seguiu aumentando e agora ela está completamente recuperada.

Por meio do amor de Deus, durante esses cinco anos, Grace tem levado uma vida saudável, cheia de atividades físicas. Também tem participado de diversas convocatórias espirituais e seminários, e visitado várias igrejas em Taiwan e Hong Kong. Atualmente ela está estudando na Universidade de Georgetown em Washington D.C..

Deus, o médico por excelência
Ainda que no passado crêssemos em Deus, por meio da doença de Grace pudemos experimentar a Deus. A partir do sucesso extraordinário, há várias coisas que sentimos profundamente e queremos compartilhar:
Nosso Deus é a única fonte de vida. Também é um médico por excelência. Criou não somente toda a vida no universo, mas também cada célula do nosso corpo. Somente Ele tem poder e autoridade absoluta de curar toda doença e reabastecer a saúde e a vida. Crer Nele é a base e o começo de toda cura (Jo 11:25; Mt 8:14 – 16, 9:35).

A oração profunda e sincera é a fundação de nossa fé diária e força espiritual.

A grandiosidade do amor e do poder de Deus está além da compreensão humana. Se viermos a Ele com um coração de arrependimento e com uma fé sincera e humilde, Ele derramará Sua graça e misericórdia sobre nós (Mt 7:7; Lc 15:17 – 32).

Nossa saúde, paz, e conquistas vêm de Suas bênçãos, do contrário, todo trabalho humano é vão. O conhecimento, a riqueza e a fama do mundo são temporários e não podem nos ajudar quando estamos em graves problemas. Deus e nossa fé são os mais importantes e devem ser prioridade sobre todas as outras coisas (Mt 6:33; Sl 127:1).

Que toda a glória, poder e louvor sejam ao nosso Senhor. Amém.
Nota: O nome do centro médico é “University of Mississippi Medical Center Children’s Hospital”, e os médicos são Dra. Jeanette Puller e Dr. Gail Megason.

Ler mais artigos sobre Cura.